• Nathalie Durel

Retiro Individual em Tenerife com plantas mestres da Amazónia


O retiro individual é feito com o acompanhamento de Nathalie Durel, psicoterapeuta especializada em psicologia transpessoal de foro Junguiano, arterapeuta, terapeuta em intervenções assistida com cavalos e curandeira com tabaco terapêutico e plantas mestres na tradição Amazónica dos Asháninka.


O retiro é de 7 dias (incluído dias de chegada e partida). Ocorre na parte norte da ilha de Tenerife, em uma área protegida na natureza e no centro da mítica planície de La Orotava.


Será criado a medida da necessidade do participante. Neste sentido, terá que preencher um documento no qual lhe será pedido além das suas informações pessoais, o seu historial de saúde fisica e mental, qual é o (s) objetivo (s) do retiro individual, ou seja, qual é o objetivo terapêutico. Sendo que no fundo, a ideia principal é voltar ao seu “centro” – a si!


As atividades durante o retiro serão: Psicoterapia de orientação transpessoal/Junguiana; Meditação com e sem gongo terapêutico; Arterapia; Escrita; Dieta de plantas-mestres e purga de tabaco; Passeios de atenção plena na natureza envolvente (floresta/Vulcão Teide/mar). De modo a que possa re-conecta consigo mesmo aliando o Ser com a natureza, onde haverá oportunidade de estar em consciência plena e descansar também.


Durante o retiro, não terá acesso ao seu telemóvel nem ao seu computador, televisão, musica; nem estará em contacto com outras pessoas a não ser a terapeuta/curandeira; o álcool, as drogas, o sexo (inclusive a masturbação), medicamentos são proibidos. Uma dieta alimentar especifica lhe será oferecida, sem sal, açúcar, gordura, café, chá, carne, peixe, lacticínio. Pode parecer drástico mas é fundamental para desintoxicar o corpo e permitir as plantas instalar-se como deve de ser. Também deverá de preparar-se uns dias antes com uma alimentação mais simples e nos dias que seguem o retiro (pelo menos uma semana) deverá de manter certos cuidados.


O retiro requere também que esteja o menos possível em contato com pessoas do exterior e muito silêncio, de modo a que esteja o mais possível em contacto consigo mesma. O que pode requerer uma preparação psicológica da sua parte nos dias que se antecedem ao retiro. Também, apos o retiro “entrará” numa fase chamada de post-dieta de pelo menos uma semana (depende da planta que será tomada) e que exige manter a maioria das proibições citadas acima.

Nota: as pessoas que não são capazes de aguentar a solidão, o silêncio e a inatividade não poderão participar.

PARA MAIS INFORMAÇÕES: durelnathalie@gmail.com

3 visualizações0 comentário